domingo, 26 de outubro de 2014

Pintura com o Corpo

Mais um dia de calor e mais uma vivência fantástica! 
Não tenho muitas palavras para descrever este momento. A forma como cada um explorou à sua maneira a tinta e como se sentiram livres nesta atividade, foi simplesmente MÁGICA!



Este foi o resultado final!


 Mais uma manhã repleta de grandes vivências e muito divertida!

7 comentários:

Mónica Ricardo disse...

Não há mesmo palavras para descrever como estas atividades são fantásticas e como eles adoram explorar :) Mais uma vez adorooo... Ir à sala da Xana e ver os sorrisos de cada um enquanto descobrem a tinta é tão bom!

Catarina Marques Maia disse...

A minha nenuca é mais água ahaha

Mariana disse...

O Martim adorou... Que o bom tempo se mantenha :)

Vanessa e Pedro disse...

Que felicidade tão grande, que sorriso tão bom.

Marta Reis disse...

A melhor forma de explorar é mesmo poder explorar com todo o corpo!! Que sorte...

Sofia Lopes disse...

Bom dia!
Descobri este blog após uma pesquisa pela net pelo movimento escola moderna. tenho um pirata com quase 24 meses, anda na creche e este é um assunto que me interessa bastante, por não me identificar com o sistema de ensino "tradicional".
Mas o que me leva a este comentário é - como fazer digitintas em casa, sem ter que estar preocupada em que ele leve as mãos à boca? :)
obrigada e parabéns! ;)

Xana disse...

Olá Sofia Lopes,
Antes de mais obrigada por visitar o blogue e deixar um comentário!
Respondendo à sua pergunta eis a minha opinião: se o seu filho já anda na creche e se já tem 24 meses, possivelmente já terá tido contacto variadíssimas vezes com a tinta e, por isso, fazer digitinta não será de todo uma novidade para ele.
Nas primeiras vezes terá colocado, com toda a certeza, as mãos na boca, pois é através dos sentidos que eles fazem as primeiras experiências. Mas esta necessidade vai sendo cada vez menor e este comportamento vai desaparecendo à medida que descobrem as diferentes magias que se podem fazer com a digitinta.
Para além disto devemos explicar, sempre, que a tinta não se deve colocar na boca e as razões para tal não acontecer. Se este aviso for reforçado eles percebem perfeitamente, tenham eles 12 ou 24 meses!
Espero ter ajudado!