sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Leituras na nossa sala

Quando se promovem as leituras na sala...

E o contacto com os livros é grande... o interesse deles aumenta e a exploração dos livros torna-se espontânea e divertida entre as crianças. E é assim que também crescem e desenvolvem competências linguísticas!

sábado, 10 de janeiro de 2009

Primeira Pintura do Ano e a Primeira com Pincel


Na 6ª feira experimentámos pintar com o pincel e tivemos grandes surpresas. A forma como já conseguem segurar no pincel e já vão dominando o traço é surpreendente.
Deliciem-se com as fotos destes pequenos grandes artistas.




Assim que demos o pincel para as mãos da Bea, rapidamente se familiarizou com o mesmo e dificil, dificil foi tirá-lo da mão. Ficou a choramingar por mais.


Isto de ser artista corre no sangue da Joana Ant., reparem bem na sua postura. Ela faz isto não só com uma perna às costas mas também com uma mão atrás das costas. Lindo!

A Clarinha e o Francisco quando têm que sujar as mãos para pintar não gostam nada. Contudo, assim que se aperceberam que podiam pintar sem se sujarem adoraram e não queriam parar por nada.

O Simão precisou da preciosa ajuda da Pipa é que isto de ter um pincel com tinta na mão e pedirem que tenha cuidado para não pintar roupa, parede, amigos,..., e ter que pintar somente a folha é complicado.


O Manel descobriu que se fizesse muita força com o pincel conseguia fazer grandes manchas coloridas... que bom! Não achou piada nenhuma quando dissemos que já estava.


A Inês pegou no pincel, e eu, armada em esperta decidi ir ajudar.
Má ideia Xana! De imediato, a Inês lançou-me um olhar fulminante e contraiu os braços como que a dizer: Eu sei e quero fazer sozinha!! Como percebi a mensagem deixei-a dar largas à imaginação! O resultado está à vista.




A Joana Alm. de início n
ão se mostrou muito receptiva, mas à medida que a sua folha foi ganhando cor o seu interesse foi aumentando. Depois também não queria parar.

O Gui cedo percebeu que havia um pincel para cada cor e que podia ir trocando, por isso, assim que estava satisfeito com uma cor dizia-me de imediato: "Outa?" Adorou fazer esta troca de pinceis e cores.

A Sarita o que queria mesmo era pousar para a fotografia. esteve sempre alerta à máquina fotográfica, não fosse ela disparar sem a Sara dar conta.

A Vitória que é das criança que menos gosta de sujar as mãos aderiu muito bem a esta actividade e sem qualquer tipo de constrangimentos pegou no pincel e fez uma linda pintura.

Embora seja realmente muito pequenina, a Beatriz não se mostrou rogada e colocou-se "à altura" dos amigos. Rapariga corajosa!

O Bernardo com a calma que se lhe reconhece depressa aprendeu a segurar no pincel e estava tão contente que cada pincelava que dava fazia-nos uma cara engraçada.

O Duarte assim que experimentou fazer esta pintura sempre que chamávamos uma amigo ele vinha a correr podia ser que escapasse e desse para pintar outra vez... espertalhão!!!



P.S.: Não percam cenas dos próximos episódios!
Beijocas



domingo, 4 de janeiro de 2009

sábado, 3 de janeiro de 2009

O Inverno

Apesar de tudo, o Inverno tem o seu encanto.
Deixo-vos um pequeno poema sobre esta Estação do Ano e a sua magia.


Dêem as Boas Vindas ao Inverno...


... à chuva, ao vento, ao frio, etc, etc. Puffff, nunca mais chega o calor!

video

Tentemos divertirmo-nos como os pinguins, só nos falta mesmo a neve! Isso é que era diversão!!!

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

A visita do Pai Natal à nossa sala

Pois é, o Pai Natal veio fazer uma visitinha à nossa sala e aos nossos meninos e trazer-lhes uma surpresa.


Surpresa teve o Pai Natal ao ver a reacção das crianças à sua chegada. É que o Pai Natal pensou que os meninos se assustavam com as suas barbas e que iam chorar. Mas não....eles gostaram tanto, mas tanto que se portaram lindamente.


Surpresas entregues, é hora de ver o que o Pai Natal trouxe este ano.



Um lindo livro e que eles tanto gostam, os famosos "cu-cuuuus". Boa leitura e divirtam-se muito.





Como pintámos o Natal...

... com as mãos é claro!!!
Tudo começou assim:

Com duas pintinhas de tinta. Depois, pouco a pouco foram dando asas à imaginação e resultaram lindas obras de arte.